Livros para NÃO ler

Olá, amiguinhos

ando meio sumida, mas não é por falta de revolta no meu coração (até porque cada dia surge uma nova), é por falta de tempo mesmo já que o outro site (aquele que dá certo) me consome muito tempo, mas está valendo a pena porque FOI NOVAMENTE INDICADO AO PRÊMIO MAESTRO GUERRA-PEIXE DE CULTURA!

Mas enfim… Lembram da Lei Rouanet, aquela de “incentivo à cultura”? Sim, aquela que chegou a aprovar a captação de R$ 1,35 milhão p/ blog da Bethânia, também aprovou a quantia de R$ 4,1 milhões para a realização de uma turnê de Luan Santana em diversas cidades do país (leia mais aqui), e recentemente aprovou a verba de R$ 356 mil para que a Claudia Leitte lance um livro bilíngue, que terá uma entrevista exclusiva com a cantora, letras e partituras das músicas e fotos inéditas da artista.

Afinal, quem não quer aprender a tocar “lirirrixa timbaleia adala, badala, badala,
rucutum, tan tan, tan”? Ler entrevistas com declarações incríveis como, de uma pessoa muito bem informada, que já falou que “Lúpus é uma doença bizarra”, “Gosta de gays, MAS…”, domina tão bem a língua portuguesa e a literatura que não sabe a diferença entre jurar e prometer (“Não fui eu não, gente. Eu prometo!”), atribui uma frase de Fernando Pessoa (“Tudo vale a pena quando a alma não é pequena”) a Saint-Exupéry (nunca leu o Pequeno Príncipe, Claudia? Logo o único livro que até quem não lê, já leu!)?

Vacina para a zika? Que nada! O Brasil precisa mesmo é de um livro da Claudia Leitte! (Se ainda fosse da Ivete…) Vai ser uma disputa ferrenha entre ela e Androgel Urach por uma vaga na Academia Brasileira de Letras, né não?

Inspirada nessa notícia, eis uma lista com outros livros para NÃO ler (peguei as dicas no quadro do Jimmy Fallon, “Do not read”):

A small book of random numbers (o pequeno livro dos números aleatórios)

livro 1

Sinopse: esse livro contém uma lista de números aleatórios, organizados em três colunas de 5 dígitos. Pessoas criativas que gostam de fazer uso da sorte em seus trabalhos vão achá-lo uma fonte conveniente de números aleatórios.

85963  41274  21146 Me chama de escritora e me publica!

Pela Amazon, você consegue ler cinco páginas dessa obra incrível! O problema é a curiosidade para saber o que vem depois do 15570…

The best places to pee (os melhores lugares para mijar fazer xixi)

livro 2

Sinopse: a SEGUNDA edição de “Melhores lugares para fazer xixi” é uma mistura criativa do guia tradicional de viagem com o os 61 banheiros mais fabulosos de Portland. Cada um dos 61 lugares mostrados no livro revela partes do passado de Portland assim como os lugares de tendência e atuais dignos de nota.

Pelo nome eu achava que tinha que ser lugares diferentes, como a moita da rua X, a caixa atrás da lanchonete Y, mas só incluem privadas em banheiros “luxuosos” (ou seja, devem ter papel para se limpar E secar a mão)? Só acho que não vira best-seller por ter um nicho específico demais: pessoas com incontinência urinária que viajam e/ou vivem em Portland.

Learning to play with a lion’s testicles (aprendendo a brincar com testículos de leão)

livro 4

Descrição: para o leitor que já sonhou em ir à África ou conhece a dor da perda e da culpa, “Aprendendo a brincar com testículos de leão” vai preencher sua alma.

Não sei se o livro é sobre uma aventura na África com um que de zoofilia e um desejo suicida… Tá certo que não tá fácil p/ ninguém, mas daí a apelar p/s leões acho que já é um pouquinho demais…

How to avoid huge ships (como evitar grandes navios)

livro 3

Descrição: 99 páginas com instruções, diagramas e tabelas.

Resumo para vocês em 8 palavras: não vá ao porto. Não faça um cruzeiro.

Dating for under a dollar (encontros com menos de 1 dólar) 

livro 5

Definição: também conhecido como “saindo com um mão-de-vaca”, é um livro para adolescentes, jovens adultos ou qualquer pessoa que esteja procurado por encontros criativos que não custem muito dinheiro como levar para comer num podrão, ou um dia de cinema em que todo mundo paga-meia e dividir uma coxinha depois da sessão, passear na pracinha e se pegar no banquinho ao lado de onde os mendigos dormem. Em tempos de crise, pode ser útil!

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s