O Minerazo e a vergonha brasileira

Mais doloroso do que um episódio de Game of Thrones em que o Brasil se equivale aos Starks, após o choque e umas lágrimas derramadas, resolvi meter o bedelho e falar escrever também.

Acabei me lembrando de uma aula de Teoria da Comunicação da faculdade sobre identidade cultural, Stuart Hall e tal, em que o professor me perguntou: “Wilbert, quando você se sente brasileira?”. Eu ri e falei que nunca, já que detesto praia, Carnaval, futebol e todas as coisas pelas quais somos conhecidos lá fora.

Porém, esse sentimento muda durante a Copa. Provavelmente porque é a única ocasião em que vejo o país verdadeiramente unido. O verde e amarelo ganham as ruas, os brasileiros se emocionam ao cantar o hino a plenos pulmões e vibram a cada gol. Enfim, de quatro em quatro anos nos tornamos ufanistas.

Mas por que só um esporte que nos une?

Talvez seja porque, como todo o resto decepciona, até então, o “melhor futebol do mundo” era a única alegria em comum.

Doeu perder de 7 x 1 em casa, mas o que foi mais triste foi ver o conformismo, a apatia, a falta de garra, de foco e de equilíbrio da seleção. O brasileiro “que não desiste nunca”, jogou a toalha muito antes de acabar o primeiro tempo. Como um reflexo da postura do próprio povo brasileiro diante de tantas coisas.

Mas vergonha? Quem dera nosso maior problema fosse apenas a incapacidade de 11 jogadores em enfiar a bola no fundo da rede…

Vergonha eu tive quando vi na TV uns revoltadinhos tacando fogo em ônibus no final do jogo.

Vergonha eu tenho de ocuparmos a 38ª posição entre 40 países num ranking educacional feito pela Economist. E a mesma posição no ranking de 44 países do Programa Internacional de Avaliação de Alunos (Pisa) divulgada pela Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE).

Vergonha eu tenho de estarmos entre os piores do ranking de saneamento do mundo.

Vergonha eu tenho de ver nossos aeroportos e companhias aéreas entre as piores do mundo.

Vergonha eu tenho de ver a incapacidade de muitos em separar política de futebol e torcer contra o seu país porque tá “revoltadinho”.

Mas dentre tantas vergonhas, só me resta torcer para que o país não me envergonhe em outubro.

Anúncios

Um comentário sobre “O Minerazo e a vergonha brasileira

  1. Ana Carolina

    Acho que eu prefiro nem comentar esse vexame, melhor começar a falar das eleições, já que eu to atrasada nos comentários, esse é o vexame brasileiro do momento hahahaha

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s