Porque o final de How I Met Your Mother fez total sentido

É óbvio, mas mesmo assim vou avisar: O TEXTO ABAIXO CONTÉM SPOILERS.

Nesta semana, fiquei órfã de mais uma série que me divertiu durante um bom tempo e também arrancou algumas lágrimas pelo caminho, que foi um ombro amigo para enfrentar a depressão pós-Friends, e que foi a minha válvula de escape quando eu precisava de algo para distrair a minha cabecinha preocupada.

Durante nove temporadas, vimos um Ted completamente apaixonado pela Robin, que mesmo entre muitas namoradas, nunca deixou de amá-la. E uma Robin que nunca correspondeu aos sentimentos de Ted até o seu casamento.

Bom, a história vocês também acompanharam, então por que tanta revolta com o final?

O fato da 9ª temporada ter se passado toda nos dois dias que antecedem o casamento de Robin e Barney não fez nenhuma diferença. Já o fato deles terem se divorciado fez muito sentido, porque eles mostraram que nem sempre só o amor é suficiente.

No fundo, a Robin é uma romântica que esperava por um sinal, mostrando que o Barney, galinha incorrigível e mentiroso, fosse mesmo o homem da vida dela. O sinal seria o homem que encontrasse o cordão que ela enterrou.  E foi naquele momento que ela percebeu que o Ted era o cara que ela deveria ter ficado, mas ele nunca a deixaria magoar o seu melhor amigo, que ela amava, só não era o cara certo p/ ela.

O casamento do Barney e da Robin foi o empurrão que o Ted precisava naquele momento para seguir de vez com a sua vida, e foi o que ele fez: casou-se com a Tracy, teve filhos com ela e a amou até o fim de sua vida.

O fato de ter amado a Tracy não acaba automaticamente com o amor que ele sempre sentiu pela Robin.  Assim como isso também não significa que ele amou menos a Tracy por isso.

A revolta se deu pelo fato de terem matado a Tracy e, anos depois, ele chamar a Robin p/ sair. Porém, o principal da série foi mostrar como podemos amar (verdadeiramente) várias pessoas ao longo da vida, mas que somente uma ocupa a posição de “The One”, e esse lugar, esteve óbvio desde o início: sempre foi da Robin.

Já a Robin teve que ver o Ted casar com outra para se dar conta de quem ela realmente gostava. O velho “só dá valor depois que perde”.

Talvez, para os indignados, o maior pecado dos roteiristas tenha sido o de trocar o clichê “felizes para sempre” ao antecipar o “até que a morte os separe”.  Mas a vida é assim, cheia de reviravoltas e um tanto agridoce.

Afinal, “o importante não é o destino, mas sim a jornada”.

Anúncios

2 comentários sobre “Porque o final de How I Met Your Mother fez total sentido

  1. Ana Carolina

    Mesmo sem acompanhar a série achei o final coerente, faz sentido a mãe das crianças não ser a mulher da vida dele, afinal sempre foi a Robin né, e as coisas na vida acontecem de maneiras que ninguém pode esperar, gostei de verdade!

    Curtir

  2. Pingback: Os casais mais nada ver das séries – Revoltadinha

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s