Novos autores e livros fabulosos

Olá,

no último post um leitor (ou leitora) pediu para que eu fizesse um post sobre livros, e eis um post literário. Realmente, é uma vergonha eu falar tão pouco de livros aqui, ainda mais eu que leio tanto (li 99 livros em 2010, mts pockets incluídos, mas estão valendo…). Dessa lista de livros que eu fiz (justamente p/ saber qnts livros eu leio por ano xD) eu selecionei uns de novos autores (pelo menos, novos p/ mim) p/ vcs poderem conferir nessas férias ;D

Obs: as sinopses eu pego de sites pq são bem resumidos.

Kate Morton

A casa das lembranças perdidas: o livro revela os segredos de uma família aristocrata inglesa que tenta sobreviver às fortes transformações do início do século XX. Assassinatos, triângulos amorosos e intrigas familiares dão a tônica desse romance, que vendeu mais de 600 mil exemplares só na Inglaterra, e tornou-se best-seller imediato também nos Estados Unidos, Alemanha, França, Itália e Austrália.

-> Esse é o primeiro livro da autora e o estilo em que ela escreve é delicioso. Você não se cansa. Conforme a narradora vai relembrando histórias banais sobre as pessoas que viviam na casa, o livro vai te prendendo porque você quer saber o porquê que as duas irmãs não se falam mais. Excelente mesmo ;D

O jardim secreto de Eliza: Em 2005, em Brisbane, na Austrália, a doce e reservada Cassandra recebe uma herança inesperada da avó, Nell O’Connor, que a houvera criado. A jovem, então, ruma para a mesma região da Inglaterra onde Nell se aventurara décadas atrás em busca de suas raízes. Lá, em meio a um chalé em ruínas e um jardim cheio de segredos, ela encontra a trágica verdade sobre os Mountrachet e a escritora Eliza Makepeace, que sua avó conhecia tão somente como a Autora. Apenas ligando os pontos das histórias dessa mulher e da aristocrática família que um dia habitou a mansão Blackhurst é que Cassandra entenderá por que Nell, então uma menina de quatro anos, foi deixada à própria sorte no início do século XX num porto australiano e, assim, desvendar suas próprias origens.

-> Ao longo do livro há trechos da história infantil escrita pela autora fictícia, Eliza Makepeace, e por trás de cada conto há um significado relacionado à trama principal. Consegue ser ainda melhor que “A casa das lembranças perdidas”. Fiquem de olho nessa autora, que ela promete ;D

O peso do silêncio – Heather Gudenkauf

O romance aborda a relação conturbada de uma família a partir do desaparecimento de duas meninas de 7 anos, sendo que uma delas, Calli Clark, sofre de mudez seletiva desde que presenciou um acontecimento traumático provocado por seu pai alcoólatra.

-> Na verdade o livro não traz uma história muito original, você já deduz o desfecho bem antes de terminar a leitura, mas o modo como ela conta é interessante, pois cada capítulo é narrado por um personagem diferente. Os mais cativantes são quando narrados pela Calli, pois elas descrevem o que está acontecendo na maior inocência, sem ter noção do que está de fato ocorrendo com ela e com a amiga.

Entre vivos e mortos – Amy Mackinnon

Responsável por melhorar a aparência de mortos para o velório, Clara Marsh, cética e presa às duras lembranças do passado, tem a sua vida transformada com o aparecimento de Trecie, uma menina de oito anos, provavelmente abandonada. Ela convive também com o detetive Mike Sullivan, investigador do brutal assassinato de uma criança que, por não ter sido identificada, recebeu o apelido de Flor sem nome. No corpo e na alma de Clara, convivem a frieza e o cálculo, a carência e o fogo por uma paixão.

-> Título e capa interessantes, além de uma protagonista com uma profissão diferente das dos outros livros. Com a onda de Crepúsculo e vampiros, as estantes de todas as livrarias estavam abarrotadas de livros “sombrios” com premissas muito parecidas, esse me pareceu mais mórbido, porém mais interessante e de fato o é. Clara Marsh é uma pessoa fria no que diz respeito a relacionamentos com as pessoas de modo geral, mas com o aparecimento de Trecie, as coisas mudam. Eu classificaria o livro como suspense, de qualquer maneira, prende muito a atenção também.

O livro dos mortos do Rock – David Comfort

É a primeira obra a comparar em profundidade as vidas conturbadas e as mortes trágicas dos sete maiores ícones do rock ‘n’ roll: Jimi Hendrix, Janis Joplin, Jim Morisson, Elvis Presley, John Lennon, Kurt Cobain e Jerry Garcia. O autor apresenta fatos reveladores e surpreendentes sob um ponto de vista inédito, analisando as ambições e lutas que estes artistas tinham em comum. Carismáticos e talentosos, mas isolados e cheios de conflitos, eles não foram exatamente os ídolos que pensávamos conhecer. Para além de sua genialidade, este livro revela o lado humano e dramático destas sete lendas do rock. Uma jornada frenética ao outro lado da fama. Uma viagem às fantásticas histórias de inquietação e excessos que culminaram em suas mortes prematuras e os elevaram à condição de Imortais.

-> Um dos melhores livros que eu já li, sem exagero. Como vocês já puderam perceber, eu amo música e inclusive fiz uma matéria que tem a ver com o tema abordado que vocês podem ler aqui . Conspirações, fatos por trás das mortes de cada um e trechos interessantes da vida de cada um. Ponto alto do livro: Lennon, Morrisson e Kobain, achei os mais interessantes (sim, digo isso porque quando se é fã de The Doors, Beatles e Nirvana, fica mt mais interessante ler o livro), mas msm sem curtir mt os outros, a trajetória de todos é incrível.

A ledora de rendas – Brunonia Barry

Na família Whitney, as mulheres possuem um dom especial: ler o futuro em tramas de renda. Abalada com a morte de Lindley, sua irmã gêmea, Towner decide abdicar desse poder, herdado de Eva, sua tia-avó, e começar vida nova na Califórnia. Um telefonema do irmão, entretanto, quinze anos depois, comunicando o desaparecimento de Eva, traz Towner de volta à cidade de Salem, onde o policial John Rafferty lidera a investigação sobre o provável e misterioso afogamento da velha ledora de rendas. A excentricidade do clã e a figura enigmática de Towner acabam seduzindo este homem que abandonara a tensão da cidade grande em busca de uma vida mais calma, levando-o a mergulhar nesta história. Este é o mote de A ledora de rendas, romance de estréia da roteirista formada em Literatura, Brunonia Barry, que alcançou as listas dos mais vendidos do The New York Times, The Washington Post e Publisher’s Weekly. Uma história de amor e suspense, que permeada pelo sobrenatural e pontuada por flashbacks, surpreende o leitor.

->A sinopse acima disse tudo. Um ótimo livro ;D

Correr ou morrer – James Dashner

Sua vida anterior já não existe mais.
Uma nova se inicia.
Lembre. Corra. Sobreviva.

Acompanhe a vida de Thomas, um garoto que perde a memória e é lançado no meio de um ambiente desconhecido, onde precisa sobreviver a qualquer custo. Para isso deve decifrar um labirinto e enfrentar criaturas malignas. Uma saga que, para seus fãs, evoca os mistérios da série Lost.

->É o primeiro livro da trilogia Maze Runner e é MUITO legal, o livro vai virar filme como vocês podem ver no trailer que está bem fiel à minha imaginação pelo menos xD. Leiam antes que o filme estreie.

Bom, esses são os que mais me chamaram a atenção e que acredito sejam os que agradam a maioria, mas se vocês gostarem do post, eu posso recomendar muito mais livros ;D

Boa semana e usem protetor solar ;D

Bjs

Anúncios

2 comentários sobre “Novos autores e livros fabulosos

  1. 99 livros?? Dormir pra que?
    Legal, gostei do post pq são livros que, aparentemente, possuem uma qualidade literária não-forçada pela crítica e pelo mercado. E parecem histórias muito bem construídas. Também gostei dos Mortos do Rock. Muito interessante a forma como o autor se propõe a abordar o assunto.

    Beijos!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s