Nova turnê do Capital Inicial

Oláááá,

antes de comentar do show, deixa eu fazer um breve comentário sobre o jogo de hoje contra a Costa do Marfim… Foi 2 em 1: pelada + luta livre.

Lado bom do jogo? Kaká que não fez nada conseguiu ser expulso e não vai jogar no próximo jogo. Não vai fazer nenhuma diferença também..

O gol do Luiz Fabiano foi lindo, rolou uma mãozinha, mas não importa porque o gol ele fez com o pé hahahahahaha

Foi mais divertido do que o jogo contra a Coréia do Norte. Brasil continua fazendo muita KAKAda, mas o que consola é que o resto tá tão ruim quanto ou pior, então a gente pode ser hexa sim =)

Quanto ao show…

Chegamos às 21h no Citibank Hall para retirada dos ingressos na bilheteria externa. A fila dava voltas, enquanto a fila das pessoas que compraram na hora estava bem menor. Demoraram p/ abrir os guichês, tinha poucas pessoas trabalhando e o serviço estava muito demorado. O show estava marcado para às 22h, e foi exatamente a essa hora em que conseguimos pegar nossos ingressos.

Entramos na casa de shows e fomos para nossas confortáveis poltronas, como havia muitas pessoas retirando seus ingressos, um DJ tentava animar a galera com umas músicas bem legais. Se conseguiu animar as pessoas, eu não sei, mas a mim animou muito, porque a primeira música que tocaram quando eu entrei na casa foi “When I come around” do Green Day, então eu já estava começando a me animar nessa hora.

Na entrada para o show, todos ganharam um cartão que dá direito a downloads gratuitos e a materias exclusivos no site do Capital Inicial, achei uma iniciativa legal fazerem isso.

Como no show anterior, começa a tocar “Smells like teen spirit” do Nirvana com um jogo de luzes roxas e quando o refrão da famosa música acaba, eles entram no palco e começam a tocar uma das músicas de seu novo álbum (Das Kapital), Ressurreição.
Um Dinho animado, grita “Rio de Janeirooooo” e faz uma boa performance de sua nova música. Logo depois vem “4 vezes você” e aí a galera anima mais, já que é uma das antigas. O pessoal do camarote e poltrona estava muito desanimado, todos sentados só balançando os braços. Poucas pessoas em pé, eu estava sentada também, afinal estava confortável e vendo tudo, já que paguei p/ ficar sentada, p/ que vou ficar de pé? hahahaha

Alternando, depois de uma conhecida, eles apresentam mais uma nova, agora é “Como se sente” e as pessoas voltam a ficar “quietas” e só prestar atenção na música que muitos ainda não conheciam. Embora não estivessem se esgoelando de cantar, como aconteceu nas mais famosas, deu p/ perceber que as pessoas gostaram do novo álbum deles.

Na sequência vieram “Que país é este?” (‘é a poha do Brasil!’ é sempre a parte mais animada da música hahaha), “Respirar você”, “Natasha” e “Como devia estar”. Depois Dinho para e conversa um pouco falando que eles estavam nervosos p/ cara***, pois é o 2º show da turnê, falou que era niver da filha dele, que o RJ era f*** e que eles tocariam de tudo e iam agora tocar a primeira música do grupo, “quem lembrar canta junto”, e começa “Leve desespero”.

“Vamos comemorar”, a tão bonitinha “Fogo” e a mais animadinha “Não olhe p/ trás” antecedem a preferida de muitos presentes e uma das “clássicas” do grupo, “Primeiros Erros”. Antes da música começar, todos cantam o refrão.. eu achei um dos momentos mais legais do show, eu gosto de ver todo mundo cantando a plenos pulmões essa música tão linda.

“Marte em Capricórnio” é a próxima, e dentre as novas músicas, eu achei a mais legal ao vivo. Ela segue a mesma receita dos grandes sucessos do público, portanto ela tira a galera do chão. A galera vai ao delírio com “Fátima”, “Veraneio Vascaína” e “Mulher de Fases”, que mesmo sendo uma música dos Raimundos, ironicamente foi uma das partes mais animadas do show.

“O Mundo”, “A sua maneira” e “Depois da meia-noite” são as músicas que antecedem o suposto “fim do show”. Acreditem se quiser, mas ainda tem gente que vai embora nessa hora achando que eles não vão voltar ao palco ¬¬

Eles voltam com “Todas as noites”, a música sobre amigos invisíveis, “Algum dia”, a animada “Independência” (que me fez levantar hahaha) e encerram o show com um bom cover de “Whole Lotta Love” do Led Zeppelin. Eles agradecem, Dinho joga sua camisa e sai do palco.

Foi um show bem legal, bem animado e bem rock n’ roll como já era esperado. Notamos um Dinho com uma incrível presenã de palco, 100% recuperado e mais comedido. O palco não tem aquela passarela onde o artista fica mais próximo do público, pois foi onde ele sofreu aquele feio acidente, ele amarra os cadarços durante o show e falou bem menos palavrão. O tão famoso “du cara***” foi proferido não mais que 4 vezes, o que é uma grande diferença p/ quem sempre usou isso como vírgula hahaha xD

No final do show, quem a gente viu? Felipe Dylon, sim, aquela pessoa que fez dread achando que era cool, que achava que cantava e tocava. Ele estava com uma menina do lado com o vestido mais curto que o da Mônica (da turma da Mônica), tirando fotos (sim, isso foi o que mais me assustou, tem gente que ainda quer uma foto com um cara que nunca foi um grande artista e que está no ostracismo)e andava p/ lá e p/ cá, no mínimo estava procurando alguém do Ego p/ tirar uma foto dele e publicar no site.

Ele emagreceu e tirou aqueles dreads. Tirando umas malucas que quase foram atropeladas p/ tirar foto com ele, ninguém nem olhou p/ cara dele, por mais que ele se esforçasse, ele era só mais um na multidão…

E esse foi o show do Capital no RJ, quem gostou, comenta ;D

As fotos vocês conferem em breve no orkut, flickr (mari_wilbert) e os vídeos no youtube (TheGirlontherun) =)

É isso, boa semana ;D

bjss

Anúncios

2 comentários sobre “Nova turnê do Capital Inicial

  1. Sem comentários quanto a fila do pessoal que comprou na hora (eles devem ter pago mais caro). Quanto ao show mari eu só tenho isso a dizer: Capital Inicial já deu o que tinha que dar. Eles estão caminhando para um repertório de 75% de músicas que não são deles.

    Curtir

  2. Ana Carolina

    O jogo foi bem mais divertido msm, os jogadores da Costa do Marfim só queriam briga enquanto o Brasil jogou bonito… o gol do Luis Fabiano foi “Fabuloso” msm ahuahua
    Bom apesar d td akela fila, valeu a pena o show neh =)
    Msm o publico naum estando tão empolgado eu gostei bastante d tds as musiks! Eu acredito q o Capital eh uma banda q vai durar mt tempo, e eles tão sempre com musiks nvs boas e nunca deixam d cantar as antigas ( o q eh mt bom =))
    a presença ilustre do Felipe Dylon só abrilhantou a noite, hauhauahauhauaha, mt comédia ele procurando por atenção.
    Ótimo post!
    bjuss

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s